Os efeitos da desorganização no cérebro

setembro 07, 2019


Todo mundo conhece alguém que é desorganizado, ou até mesmo se bobear, nós é que somos os bagunceiros do grupo rsrs.



A falta de organização é bem característica; logo se vê que aquela pessoa tem dificuldade em vencer a desordem que a cerca, independentemente se ela foi a causadora ou se o caos vem do ambiente em que ela se encontra.



Infelizmente a desorganização não é só um defeito do ser humano, se é que podemos chamar assim; melhor, vamos mudar, coloquemos como 'ponto a melhorar'. A desorganização atrapalha o bom funcionamento das atividades cerebrais e provoca stress no indivíduo.



A pessoa perde qualidade de vida, pois, com a quantidade de coisas a fazer e de informações recebidas, ela acaba ficando ansiosa para finalizar e absorver tudo. Essa ansiedade gera a frustração por não conseguir vencer tudo e da frustração vem o desânimo. E tudo isso culmina em mais desordem.



E toda essa bagunça é proveniente de alguma insatisfação na vida dessa pessoa. Algo que ela vai “empurrando com a barriga”, pois não tem prazer em mudar aquela situação. Vou dar um exemplo prático: apesar de eu não ser uma pessoa desorganizada, às vezes me pego “empurrando com a barriga” alguma tarefa pendente. Aqui em casa separo as contas e documentos conforme vão chegando em suas respectivas pastas. Mas fazer isso todo dia é chato e demanda tempo, algo que é difícil separar só para essa tarefa. Então, esses papeis ficam todos em uma gaveta. Aí você Já imagina como está essa gaveta, né? Pois é, é isso mesmo, está uma bagunça total! Eu preciso urgente arrumar, mas cadê a vontade?
Essa minha bagunça é proveniente da insatisfação de não trabalhar com o que amo, pois, por estar em um trabalho que não é minha área, demando energia demais no meu organismo para realizar todas as tarefas desse trabalho, restando, no final do dia, uma Michele cansada e de “saco cheio”, sem vontade de fazer qualquer outra coisa que demande ainda mais energia.



Se eu não mudar isso, o círculo vicioso da desorganização não se rompe: eu vou estar sempre nessa constante: ansiedade – frustração – desânimo. E permanecendo assim, pode acontecer de se desenvolver até mesmo problemas de ordem emocional/psicológica. Tenso, né?



MAS COMO QUEBRAR ESSE CÍRCULO?



Se você precisa se organizar e quebrar essa constante, aqui vão minhas dicas, que funcionam comigo (por sinal preciso aplicar na gaveta lá hahaha):



* Faça uma lista de todas as tarefas que precisa fazer
* Nessa lista, pontue as prioridades. Ex.: 1 – tirar os papeis da gaveta; 2 – jogar fora os papeis inúteis; 3 – separar conforme o assunto; 4 – guardar em seus respectivos lugares…  e por aí vai, faça conforme suas tarefas
* Defina um tempo para cada tarefa, desde que não seja algo muito demorado. Faça cada passo em, no máximo, 20 ou 30 minutos
* E, finalmente, se recompense a cada tarefa cumprida. Assista um vídeo, filme ou série; coma ou beba alguma coisa gostosa; navegue nas redes sociais, etc. Dê ao seu cérebro uma retribuição por demandar tanta energia naquela tarefa que você acabou de cumprir.



MAS EU NÃO SOU DESORGANIZADA(O)!



Então ajude alguém que esteja passando por essa dificuldade. Desenvolva uma forma de organização que funcione para essa pessoa. O que é bom para você, não é bom para mim. Então, seja paciente e aprenda a ouvir o outro. Lembre-se que a desorganização é um reflexo do nosso interior. Às vezes essa pessoa só precisa de um ombro amigo, alguém que esteja disposto a lhe ouvir e lhe ajudar. E não se esqueça de recompensar essa pessoa, também! Afinal, ela venceu a desorganização através de sua ajuda!



Conhece alguém que é desorganizado? Comente aqui o que você faria para ajudar essa pessoa e, se for você, qual será o seu plano de ação para mudar isso?





Você poderá gostar também de:

0 comentários

Nos siga no Facebook